Thursday, January 24, 2008

Amigos verdadeiros...

Hoje eu estava conversando com uma grande amiga e depois de tanta conversa fiquei pensando nas amizades que já passaram pela minha vida e que ainda sinto e outras que o tempo só serviu para mostrar que não havia nada ali. Sabe essas pessoas que hoje são amigas e amanhã vc já não "serve" mais? Pois é... Essas pessoas que te procuram apenas para pedir alguma coisa, mesmo que seja seu ombro para chorar, seus conselhos... Sabe essas pessoas que nunca estão presentes em "seus"momentos, mas vc está presente nos dela? Nunca poderei saber o que passou, pois são pessoas que evaporam. Sem mais, nem menos entram e saem das nossas vidas.
Aí lembrei desse poema do Fernando Pessoa, que tanto gosto (que exclui o final pois não concordo com ele hehehehe):

"Um dia a maioria de nós irá separar-se.
Sentiremos saudades de todas as conversas jogadas fora, das descobertas
que fizemos, dos sonhos que tivemos, dos tantos risos e momentos
que partilhamos.
Saudades até dos momentos de lágrimas, da angústia,
das vésperas dos finais de semana, dos finais de ano,
enfim… do companheirismo vivido.
Sempre pensei que as amizades continuassem para sempre.
Hoje não tenho mais tanta certeza disso.
Em breve cada um vai para seu lado, seja pelo destino ou por algum
desentendimento, segue a sua vida.
Talvez continuemos a nos encontrar, quem sabe…nas cartas que trocaremos.
Podemos falar ao telefone e dizer algumas tolices…
Aí, os dias vão passar, meses…anos… até este contacto se tornar cada vez mais raro.
Vamo-nos perder no tempo….
Um dia os nossos filhos verão as nossas fotografias e perguntarão:
- “Quem são aquelas pessoas?”
Diremos…que eram nossos amigos e…… isso vai doer tanto!
“Foram meus amigos, foi com eles que vivi tantos bons anos da minha vida!”
A saudade vai apertar bem dentro do peito.
Vai dar vontade de ligar, ouvir aquelas vozes novamente……
Quando o nosso grupo estiver incompleto…
reunir-nos-emos para um último adeus de um amigo.
E, entre lágrima abraçar-nos-emos.
Então faremos promessas de nos encontrar mais vezes daquele dia em diante.
Por fim, cada um vai para o seu lado para continuar a viver a sua vida, isolada do passado.
E perder-nos-emos no tempo…..
Por isso, fica aqui um pedido deste humilde amigo: não deixes que a vida passe em branco, e que pequenas adversidades sejam a causa de grandes tempestades…."

10 comments:

Georgia Visacri said...

Sabe, Patri? Infelizmente acho que irão passar pelas nossas vidas mais pessoas que se encaixam nesse exemplo que você deu do que as que realmente valem a pena. Elas vão chegar, tomar nosso tempo, sugar nossas energias, usufruir do melhor que oferecemos e... vão embora com a mesma velocidade com que vieram. E vão passar a vida inteira fazendo isso com outras pessoas por que provavelmente já o faziam antes.
Olha, eu passei por uma situação parecida um tempo atrás (longe de mim querer dizer que os meus problemas são piores por que são MEUS problemas, mas eu tomei uma porrada que dói até hoje), sofri muito, fiquei me perguntando “o que eu fiz de errado”, mas o tempo precisou passar um pouco para eu enxergar que eu dei o melhor de mim e não tenho que lamentar ter feito isso. Se ela não teve maturidade para fazer o mesmo, deve ser uma infeliz que só aprendeu a ter relacionamentos de conveniência na vida e, dificilmente, vai conhecer o verdadeiro significado da amizade. Eu sei o significado e sou muito feliz por ter amigos do coração.
Bom, me empolguei, claro, mas achei que o exemplo servia aqui por que eu te conheço o suficiente para saber que você deu o seu melhor também, como você faz em tudo na sua vida. Não se arrependa jamais, por que só as pessoas capazes de reconhecer isso valem a pena ter por perto. O resto? melhor sumir mesmo e ir jogar a vibe ruim nas costas de outro...
Bjussssss, amore e esse texto do Pessoa é lindo e totalmente verdadeiro.

ale belerique said...

Patri ,
tudo bem?
Sobre o evento da celine tem que reservar sim<1
entra em contato com a www.scrapnet.com beijinhos

ale belerique said...

Patri ,
tudo bem?
Sobre o evento da celine tem que reservar sim<1
entra em contato com a www.scrapnet.com beijinhos

Si Alem said...

Eu amo esse poema. Eu amo Fernando Pessoa. E penso que a vida é feita disso mesmo, temos amigos e "amigos".
Tem pessoas que vem e vão como o vento, e nem sofremos por isso, pois o tempo nos dá maturidade pra dicernir. Tá certo que as vezes a gente cai do cavalo né? aff

Mas o pior não são os amigos que vão como o vento, são os amigos que morrem. Essa dor que eu achava que só tínhamos ao envelhecer é a pior delas. E não estamos livres de tê-las em qquer idade.

Por isso como já dizia já Chico Buarque na música construção:
" Amou daquela vez
Como se fosse o último "

beijo

Si Alem said...

Ah esqueci de dizer que essa figura do Calvin e o tigre foi muito feliz pro seu texto. Eu os adoro, e acho que a amizade deles é linda!
Beijo de novo.

Marta said...

Oi Patri tb concordo com vc e as meninas, várias pessoas passam por nossa vida, umas com maior intensidade outras nem tanto, mas o que importa msm é darmos o melhor de nós, assim não teremos do que nos arrepender depois, se elas aproveitaram ou não isso o tempo vai dizer. Amo esse poema FP e ele é bem certo em vários casos...Mas "amigos" verdadeiros e do coração são poucos mesmo e nada vai separar, nem o tempo nem a distância!!!Super beijos e ótimo domingo!!!!

Pathi Gama said...

Oi Patri,

Eu também sou mais uma que adoro esse poema. Realmente concordo que temos amigos que fazem parte de algum momento da vida por algum motivo e que de repente evaporam e temos outros que estao presentes a vida toda.
Tenho alguns amigos que ficamos tempos sem nos ver, mas sei e sinto que sao meu amigos de coracao e que sempre vao dar o melhor de si e eu sempre darei o melhor de mim quando precisarem ou nao, mas que com a correira do cotidiano e por outros motivos as vezes ficamos mais distantes. beijos e ótimo domingo!!!!

croppin carla said...

Hi Patri......just checking in to see how things are going, and let you know that I have a cool new project that I just started and its on my blog......ACRYLIC ALBUMNS? Do you have them there in Brazil yet?
Hugs.....Carla

Carol Villaça said...

Patri..sabe isso que a Gê falou?? concordo.. existem pessoas que chegam, tomam nosso tempo, sugam eenrgia boa, usufruem do que temos de bom.. e quando chega a hora do retorno, daquela coisa da amizade que a gente espera de volta... vão embora, simplesmente porque não tem nada pra dar de volta, não tem nada pra acrescentar... e aí a gente sofre porque se pergunta o que houve?? como pode ter sido tão passageira essa amizade??? pois é.. faz parte do amadurecimento passar por decepções..e eu aprendi uma coisa.. não esperar muito em troca.. porque as vezes vc se doa muito e a outra pessoa nem sabe o que fazer com tanta amizade e consideração..nem conhece isso.. então não adianta ficar esperando uma maçã cair de uma bananeira.. a bananeira não dá maçã....
vixe.. me empolguei igual a Gê.. hahahaha
bjusssssssssssssss

Sheila said...

Adorei também o texto e o poema... e ainda vou acrescentar umas coisinhas... De prioridade a quem te trata com priordade e não a quem te trata como opção! Sabe o que eu acho, no momento da amizade, dessa que um deposita e o outro só saca, tem o lado bom também, a gente está ali naquele relacionamento também pra aprender alguma coisa, nem que seja aprender a ser mais dura, mais fria... acho isso, e a gente precisa ter sabedoria pra tentar entender por que aquela pessoa entrou na sua vida e saiu... Claro que alguns casos são óbvios, tem as que te procuram por interesse seja ele qual for! e tem aquelas LOUCAS mesmo, que vc nem sabe o que fez, ou tem aquelas que não estão mais afim e pronto... Eu aprendi uma maneira de lidar com o tipo falsa e interesseira... Ela mente e eu finjo que acredito! quer castigo maior? a pessoa pensa que esta te enganando mas está enganando a si mesma... Aff me empolguei!!! Mas tenho que concordar com a Carol, faça sua parte e não espere tanto em troca, Eu me doo mesmo não tem jeito, não consigo ser amiga pela metade, sou por inteira, me ferro mas prefiro assim!!!
Beijos